terça-feira, 1 de agosto de 2017

memo # dos dias que passam

terça-feira, 1 de agosto de 2017
Olá Agosto!
E cá estamos, no pico do Verão, excelente momento para fazer um dos meus memo dos dias que passam. Com as mantas de grande formato encostadas à box, tenho estado virada para trabalhos de pequena dimensão e com fios mais frescos. Vejamos então o que tenho andado a fazer.
.
Comecemos pelo saco em trapilho inspirado num dos projectos do livro da Molla Mills, Crochet Moderno. Tenho a dizer que gosto muito das propostas que o livro apresenta, mas independentemente disso gosto ainda mais da ideia recriar a partir de, o que me leva quase sempre a adaptar os modelos que escolho fazer. Um dos projectos deste livro que mais me chamou a atenção foi o saco em fio de algodão amarelo torrado, com umas alças em cabedal e um fecho de cor menta. Os meus olhos colaram-se àquelas páginas, e vejam lá que sorte a minha, então não é que tinha uma bobina de trapilho daquela cor! Nem hesitei. Peguei na bobina e não descansei enquanto não lhe vi o fim, só que não tinha ainda o tamanho pretendido para o saco. Procurei nas lojas trapilho na mesma cor e... nada. Numa dessas investidas, à procura do amarelo torrado, encontrei uma cor idêntica à do fecho. Resolvido! Se fica bem no fecho, fica igualmente bem na barra a acrescentar ao amarelo, de forma a fazer crescer o saco para o tamanho pretendido. No que respeita ao tecido que servirá de forro ao saco não o comprei agora, tinha-o no meu stock de tecidos. Sim, leram bem, stock de tecidos. Eu e a costura andamos sempre às avessas, mas nunca resisto a um tecido com padrão e cores bonitas. Não costuro, mas compro muitos tecidos. Pronto, é uma panca como outra qualquer, além de que acaba sempre por dar muito jeito para qualquer eventualidade.
.
Trabalho seguinte. Recentemente fiz um naperon em juta, precisava de uma base para proteger uma mesa de um vaso de barro, que somado a terra e água cria muita humidade e portanto há que proteger as superfícies mais delicadas. Fiz a peça e decidi desenhar um gráfico para ser lançado aqui no blog. Ando às voltas com o programa Crochet Charts a tentar reproduzir o naperon que fiz. Já trabalhei com este programa, mas em desenho de formato redondo é a primeira vez. Pelos vistos não é um programa de grande sucesso, mas para mim, e para já, não me parece nada mal. Dá é muito trabalhinho, ui, ui. Mas penso estar no bom caminho e espero em breve poder fazer uma publicação exclusivamente dedicada ao meu naperon de juta.
.
Daqui vai sair uma camisola para mim! Já tenho uma parte concluída, frente ou costas, tanto faz, são iguais.   Este ponto, rápido de se fazer, acho-o muito giro. Parecem ondas, encontrei numa das muitas (imensas!) revistas que andam cá por casa. Dantes comprava muitas revistas de crochet, tricot e de decoração também comprava alguma coisa, mas repare-se que o "dantes" quer dizer antes de perceber que estas coisas se encontram todas na internet, portanto, há já uns anos. Hoje em dia contam-se pelos dedos de uma mão, e sobram vários, as revistas que compro ao ano. Compro uma ou outra que me deixe rendida ao grafismo, ao design, à fotografia ou à originalidade dos projectos.
O que vos mostro a seguir, embora em lã, é uma peça que fiz agora porque vou estar com a pequerrucha quando for de férias para o sul daqui a duas semanas. Chamei-lhe Poncho Didi. Falta apenas rematar as pontas e talvez lhe aplique uma barra, ou umas franjas ou uns pompons, ainda não sei. Mas digam lá se as cores não são uma alegria para os olhos! é uma conjugação tipo candy sugar.
..
Por último, mostro-vos uma coisa que os meus olhos gostam mas que ainda não descobri o que é. Eu explico. Sobrou juta do naperon, então decidi experimentar fazer uma base ovalada, queria ver qual era o efeito. Depois achei que não tinha piada nenhuma ficar só com um pedaço de juta crochetada sem qualquer utilidade. Lembrei-me de uns novelos de algodão que tinha por cá e segui por ali fora.
.
Ainda não decidi a altura que a coisa vai ter, mas começo a vislumbrar uma cesta pequenina onde posso guardar umas tralhas soltas ou até colocar uns vasos pequeninos. Ainda não sei para que servirá, sei que adoro experimentar materiais, misturá-los, criar texturas e que os meus olhos estão muito agradados com o que estão a ver. Quanto ao resto, logo se vê.
Desejo-vos uma semana cheia de Verão!!!


Até já
Ana Lado B


11 comentários:

  1. Opá, este post tem mesmo cara de verão :))
    Adorei as cores, os projetos!!
    Então e eu que ainda não conhecia essa tua veia para os tecidos!? :D
    Temos que combinar um lanche quando voltares! Final de agosto?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anocas, eu estou por cá! Eu e os filhos estamos de férias e vamos dando umas escapadinhas, enquanto esperamos que o pai R também entre de férias para irmos todos rumo ao sul! Vou desafiar-te para uma tarde com bolo, limonada, tecidos e muitas ideias a mistura 😘😘

      Eliminar
  2. Que bom passar por aqui pelo teu carinho e ver estas imagens maravilhosas, tão cheias de cores bonitas de verão! Uma verdadeira inspiração e luz para alegrar o meu dia!
    Depois vou querer ver o resultado final de cada trabalho, mas com a certeza de que vindo das tuas mãos serão maravilhosos trabalhos!
    Beijinho enorme**

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És uma querida, Catarina! Muito obrigada por tão doces palavras e fico muito feliz por poder contribuir, um bocadinho que seja, para o despertar de um sorriso nos lábios ;)

      Eliminar
  3. Olá Ana, estou com inveja de ti porque andas aí de vento em popa com os teus projetos, ao passo que eu tenho retornar à rotina depois de tantas semanas fora. Ideias, tenho, preciso é organizar-me!
    Olha, parece-me que vão sair daí trabalhos muito interessantes, uma mala de verão, uma camisola e poncho giros. Gostei do naperom de juta e como adoro individuais fiquei aqui a imaginar uma mesa com uns assim (um pouco maiores), rústicos com uns pratos no mesmo estilo, umas flores do campo a enfeitar...é pá sonhar não custa e até estimula! Quanto ao último item, ainda sem nome porque não se sabe em que se vai transformar, assim que olhei para a foto, vi um cache pot! com uma planta dentro, bem giro..
    Mudando de assunto: também trouxe uns frascos de xarope de ácer do Canadá, sábado passado o meu filho fez umas panquecas, e com o xarope, huuuum, de chorar por mais! beijinho!

    ResponderEliminar
  4. PS: fiquei aqui a pensar em ti a comprar tecidos, sem costurar. Seria o mesmo que eu comprar novelos e estoca-los em casa! olhar para eles, ainda olho e encanto-me com as cores, mas depois passo adiante já que de crochet é pouco ou nada e de tricot, mesmo nada (sei colocar os pontos na agulha, acho eu)! Cada um a sua mania, de fato!beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Val! É verdade, não nego, ando cheia de projectos aqui pelo Lado B, agora que o lado A está em stand by para umas pequenas férias :)) Olha que em breve vou lançar o esquema do naperon de juta aqui no blog... eu sei que não te entendes bem com os esquemas de crochet, mas pode ser que até te corra bem! é muito simples, vais ver.
      Ah pois, os tecidos... opá, não resisto. De vez em quando lá venho da rua com um retalho para casa :) Tenho sempre a ideia de que me vou deixar de tretas e pegar neles para os costurar, mas depois dá-me aquela preguiça e viro-me para o crochet, que é mesmo o que me deixa de beicinho. Tricot sei fazer, fiz muito em tempos, agora é mais o crochet actual, mas este inverno sou bem capaz de voltar às duas agulhas para um ou outro projecto, os filhos estão a precisar de umas camisolas giras ;)

      Eliminar
  5. Vou ficar por aqui para ver esse post do gráfico do naperon sair.
    Gostei das cores desse saco que vai sair, achei imensa graça comprares tecidos e não fazeres nada, boa mesmo.
    O projecto da camisola tem uma conjugação de cores muito gira, gosto imenso desse design.
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susana! Vais ficar e muito bem, gosto de te ter por aqui! Ando às voltas com o gráfico, está quase, quase pronto. A camisola vai ficar muito bonita, vais ver ;)

      Eliminar
  6. Tudo maravilhoso e inspirador 💚 obrigada 💐
    Beijinhos, Susana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada eu por estares aqui ;)
      Às vezes lembro-me de ti, já conseguiste terminar a manta de bebé que estavas a fazer com o kit fazbemaosolhos?

      Eliminar

Faz bem aos olhos | Crochet - Crafts - Lifestyle © 2014